sábado, 15 de janeiro de 2011

São José dá largada na A-2 com goleada no Décio Vitta interditado

Era uma missão extremamente complicada. Em um jogo com portões fechados, reservado a poucos membros da imprensa e alguns convidados, a dificuldade de cobertura aumentaria o triplo ou o quádruplo do normal. Foi com este pensamento (e na total confiança de que tudo daria certo no fim) que os colunistas do Loucos pelo Interior, Gui Giuliani e Felipe Abrahão, conseguiram acesso ao Estádio Municipal Décio Vitta, neste último sábado. A partida, aguardada pelos torcedores que – infelizmente - não puderam assisti-la, seria válida pela 1ª rodada do Grupo B da Série A-2 2011, colocando frente a frente dois antigos desafetos: Rio Branco e São José. 

Mesmo não tendo acesso ao jogo, a torcida Malucos do Tigre compareceu, dando 
seu apoio do lado de fora
“Mordido” pelas três derrotas em 2009 frente ao Tigre, a Águia do Vale desta vez viria com mais favoritismo do que outrora. O Rio Branco por sua vez, tinha agora uma empresa (a Anjobol) por trás do seu departamento de futebol. Membro da gestora do clube, o gerente Mauriti Souza auxiliou nossa equipe para que a mesma conseguisse o acesso ao jogão de bola.
Novos times, nova história. Foi o que se viu desde o início, no sufoco aplicado pelos visitantes que tinham feras no ataque como Velicka, Valdir Papel e Paulinho Soares. Este último entrou de última hora e acabou mudando a cara da primeira etapa com apenas 18 minutos, indo duas vezes às redes adversárias. Atordoado com os gols, o Tigre sequer passava do meio-campo e nem mesmo a rodagem de Renatinho, Preto e do atacante Washington, faziam algum efeito positivo. A goleada parecia ter início aos 24, no rebater de Célio que Velicka aproveitou com oportunismo: 3 a 0.

 Um jogo que prometia disputa acirrada, terminou com goleada do clube joseense
Napoleone Júnior, técnico do alvinegro americanense, resolveu modificar sua equipe com uma alteração ainda na primeira etapa e, após o intervalo, algumas mudanças táticas também. O resultado não poderia ter sido pior, com mais dois gols joseenses após 13 minutos completados – ambos do matador Valdir Papel. Tranqüilo e com 5 a 0 no placar, o comandante Tarcísio Pugliese colocou em campo outro estreante: a aposta ofensiva Fernando Gaúcho, ex-Guarani. 

Valdir Papel e os demais atletas do São José vibram com mais um gol

Chegada de ataque da Águia pela esquerda. Laterais foram os pontos fortes do time na partida

Os vários e vários gols desperdiçados impediram o São José de sair da “princesa tecelã” com um saldo ainda mais amplo. Até o fim do confronto, o árbitro ainda expulsou dois atletas riobranquenses (Malta e Renatinho; o último por desacato ao assistente), além de distribuir diversos cartões amarelos.

 Rio Branco tenta com Ramires, jogada de contra-ataque
Ao final, os naturais aplausos para um e vaias para o outro, ficaram de fora, logicamente. Uma ausência amplamente sentida por este blog, que cobre não apenas o futebol disputado pelos 36 clubes do interior paulista, mas também suas fanáticas e apaixonadas torcidas. Fica agora a esperança para que nas próximas oportunidades, tenhamos um show sem restrições, completo e de muita festa!
Até a próxima!
Equipe Loucos pelo Interior

10 comentários:

  1. Os comentários sobre o jogo serão de quem? É torcedor de que time??

    ResponderExcluir
  2. Somos imparciais. Cobriremos ambos os times com os lances deste jogo e não opiniões. Abraços e continue ligado!

    Equipe Loucos pelo Interior

    ResponderExcluir
  3. Bruno de Camargo Neves15 de janeiro de 2011 10:19

    Fala, Felipe.

    Não sei se esta lembrado de mim, estudamos juntos ano passado na UNIMEP, belo blog.

    Esse ano irei cobrir o Americana pelo Lance, se precisarem de um colaborador aqui pro blogo, estou a disposição.

    ResponderExcluir
  4. O 1ºgol do Campeonato é do São José!!!
    Rumo a série A-1

    ResponderExcluir
  5. Rafael Tavares da Silva15 de janeiro de 2011 15:56

    Primeiramente quero lhe dar os parabéns por esta iniciativa, criar um blog que fale dos times do interior. Segundo, confesso que estou preocupado com a situação do Rio Branco, um clube que revelou inúmeros jogadores: Anaílson, Marcos Senna, Sandro Hiroshi, entre outros tantos. Espero que este 5 a 0 de hoje seja apenas um acidente do acaso, que o Tigre possa se recuperar. Não quero ver mais um clube tradicional, com uma história tão bonita acabar assim. Pelo amor de Deus que este time não vire um Grêmio Novorizontino da vida!

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pelo blog, bela iniciativa! Como torcedor da Águia gostei imensamente dessa narrativa em "tempo real" (para mim não está sendo já que estou chegando aqui só hoje) Virei fã, voltarei sempre! E DÁLE ÁGUIAAA, VAMOS SUBIR, EU ACREDITO!!!

    ResponderExcluir
  7. Bem da hora o Blog

    Parabéns aee moçadaa!

    Abraços!

    Murilo.

    ResponderExcluir
  8. parabens pelo blog
    é que o rio branco melhore ne

    salve aos verdadeiros

    ResponderExcluir